sexta-feira, 10 de março de 2017

Ontem choveu no futuro


Sempre pensei
muito mais além:
“Meu destino eu mesmo costuro”;
porém, ontem choveu no futuro...

O tempo é um sensei
que simplesmente abusa
da nossa paciência
chovendo uma chuva
de fatos insensatos
que nos inundam e nos molham
neste mundo hipócrita
de gatos e ratos...
Tudo segue frio e inseguro...
Ontem choveu no futuro.

Em frente ao espelho
me vi vermelho
diante do sol das paixões inquietantes
e dos sonhos secretos
– preciosos diamantes –
perdidos na eternidade dos ecos
em algum lugar do passado.
Sigo por hora
um tanto aleijado...
Ontem choveu no futuro.

Agora observo o agora,
em cima do muro
atentamente
com os olhos da mente;
aguardando – quem sabe –
uma nova oportunidade,
uma chance a mais
de encontrar a paz
neste mundo obscuro...
Ontem choveu no futuro.

Se ontem choveu no futuro,
o hoje ainda é momento
e segue em movimento
na ampulheta do tempo...
Postar um comentário

Pai

Nem todo pai é um exemplo de homem ou de pai... Nem todo pai é um exemplo que mereça ser seguido... Nem todo pai é um exemplo, sej...